JUIZ LADRÃO

Por Abrahão Crispim Filho



O juiz, ladrão, prontamente aceitou.
Fortes rumores dão conta de que o acerto espúrio já existia antes até do início do certame. Isso é o Brasil e não é para iniciantes.

A vida imita a arte ou vice-versa? Trata-se de um conto que descreve a realidade nua e crua destes tristes tempos.


O juiz cumpriu o seu torpe papel.
Expulsou o craque do Santos - gênio do futebol brasileiro e mundial -, amarelou quase toda a equipe praiana e confirmou dois tentos irregulares para a Ferroviária de Araraquara.


Resultado?
Vitória da Ferroviária, que sem a ajuda do árbitro tomaria a quinta goleada consecutiva da fortíssima equipe do Santos. No fim do dia o juiz foi visto comemorando num churrasco privativo com os dirigentes da Ferroviária e lhe foi oferecido o posto de Gerente de Futebol (profissional e das categorias de base).


SERVIÇOSR7-PARCERIA-DEOLHONAMIDIA
Mk Designer e Layouts